Investigação e evidência

World health statistics 2010

World Health Statistics 2010 é a compilação anual da Organização Mundial de Saúde (OMS) de dados de saúde, provenientes de fontes diversas, relativamente aos 193 Estados-Membros. Inclui, ainda, um resumo dos progressos realizados para alcançar as Millennium Development Goals (MDGs). Os indicadores foram seleccionados com base na sua disponibilidade, qualidade, fiabilidade e relevância para a saúde pública global e, ainda, na comparabilidade das estimativas deles resultantes.

Epidemiologia e Saúde Pública

Autor: 
Teodoro Briz

Este artigo visa explicitar a origem, a razão de ser, a natureza e o que se perspectiva da relação entre a Epidemiologia e a Saúde Pública, através de uma leitura histórica do papel do conhecimento epidemiológico em Administração de Saúde.

A Epidemiologia oferece à Administração explicações (olhos, “inteligência” e linguagem) para os problemas de saúde das populações — o que permite à segunda saber sobre o quê agir; cenários de possível evolução dos problemas — o que permite aos decisores optarem em função de diferentes pressupostos, sobre como agir; e também a capacidade de juízo c

Projecto Gestão Integrada da Doença: O Suporte à Autogestão

Objectivos

O Projecto "Gestão Integrada da Doença: O Suporte à Autogestão " assenta numa abordagem coerente e abrangente com o objectivo de capacitar as pessoas para gerir a sua própria doença crónica e os cuidados que lhe estão associados, pretendendo proporcionar um apoio efectivo nessa autogestão.

Linha de Investigação em Contratualização: Inovação em Políticas de Saúde

A Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa (ENSP - UNL), constituindo-se como um estabelecimento de carácter multidisciplinar, preferencialmente vocacionado para a investigação e o ensino pós-graduado que prossegue diversos fins, entre os quais, a realização de actividades de investigação, tem vindo a desenvolver, desde 2004, uma linha de investigação especificamente dedicada ao aprofundamento da área da contratualização em saúde.

PANDEMIA: o que é, que implicações tem

Autor: 
Teodoro Briz

É essencial ter bem explícitos os conceitos e critérios que se usam no estudo e no controlo das doenças, quando elas emergem nas populações ou ameaçam emergir, para que esse controlo seja mais atempado e efectivo.

Análise da resposta social à Gripe Pandémica

Com a finalidade de cumprir os objectivos propostos, no sentido da monitorização, análise e reporte das “respostas sociais” dos portugueses nas várias fases do processo pandémico e ainda do estabelecimento de um ciclo virtuoso de recolha, divulgação e extensão de boas práticas na resposta social, quer nos aspectos que dizem respeito ao alinhamento com as “regras do jogo” de um desafio global, quer com aqueles que respeitam a activação das redes sociais de proximidade, foram realizadas as principais actividades que de seguida se enumeram e se descrevem resumidamente:

Auditoria externa dos 'produtos' do Observatório

Foi uma preocupação precoce no desenvolvimento do trabalho do Observatório a validação dos métodos utilizados. Para o efeito iniciou-se um processo de auditoria externa sob a égide do Observatório Europeu dos Sistemas de Saúde.