Regulação na Saúde... qual o produto em causa?

Autor: 
Vitor Ramos

"A finalidade última da medicina é eliminar a necessidade do médico."
William Mayo

Talvez devessemos revisitar e reflectir atentamente sobre o pensamento de William Mayo (E.U.A.) sobre a finalidade da medicina e dos sistemas de saúde quando hoje se discute a questão da "regulação na saúde". A frase que acima se transcreve levanta implicitamente a questão do "produto" a considerar, se quisermos usar uma linguagem mercantil em conformidade com a moda actual.

Não sei se haverá grande polémica quanto à definição do "produto" em causa quando se trata de electricidade, telecomunicações ou seguros. Porém, ao discutir a regulação na saúde importa clarificar, à partida, qual o enfoque a privilegiar. Qual o "produto" que está em causa neste processo: saúde?; serviços de saúde?; cuidados de saúde?; outro?

Pré-visualizaçãoAnexoTamanho
Regulação na Saúde... qual o produto em causa?61.7 KB